Erros Comuns no Slow Play

Saiba como aumentar a sua chance de lucrar fazendo slow play

Artigo publicado por Felipe nas categorias: Aprendendo Poker, Dicas de Poker, Jogadas de Poker

O slow play é uma das estratégias que todo jogador gostaria de aperfeiçoar, mas que infelizmente serão poucas as vezes em que ele surtirá o efeito desejado. O slow play é uma técnica utilizada quando você possui uma mão boa e flopa um flush, straight, trinca, full house etc. Enfim, essa estratégia se torna compatível com essa situação. A ideia é não assustar os adversários fazendo apostas altas, e tentar levá-los ao showdown a fim de extrair o máximo de stack possível do oponente. Entretanto, há alguns erros que até mesmo os profissionais tendem a cometer de vez em quando.

slow play poker

O sucesso de um slow play está ligado à diversos fatores: o perfil dos adversários, seleção das melhores mãos e a habilidade de converter o seu jogo em algo mais lucrativo e menos agressivo.

Caso você de alguma forma transmita a ideia de estar executando o slow play, os jogadores pularão fora. Afinal todo jogador experiente sabe que por trás de um slow play há uma mão imbatível, em outras palavras, a função do slow play é de disfarçar uma mão potencial.

Aqui Vai o Procedimento de um Típico Slow Play Perfeito

Você recebe uma mão boa (par, suited ou valores altos). Repare que o jogador que estiver em posição ou mesmo o que possuir o maior stack irá realizar uma aposta para espantar os jogadores menos confiantes na esperança de roubar os blinds. Na sua vez, pagar é a melhor opção durante a rodada de apostas do pré-flop. Quando o Flop for revelado e você notar que logo de cara completou a sua mão, deve ficar frio e saber aplicar o slow play (de forma alguma pode transmitir a ideia de possuir uma nuts). A última coisa que você pode fazer durante a 2ª rodada de apostas seria tomar a iniciativa de apostar. Deixe isso para os adversários, eles farão tudo por você. Resta a você ir na onda deles. Provavelmente irão aumentar a posta na esperança que você dê fold, então você paga. Quando chegar o Turn você deve pagar uma eventual aposta do adversário ou dar check se possível. No River você enfim terá total liberdade de fazer a aposta que quiser. Você irá impor o seu jogo e pressionará o seu adversário a ponto dele entrar em curto.

Fazer Slow Play com o Jogador Errado

Muitos jogadores optam pelo slow play sem ao menos verificar se estão lidando com o adversário certo. O melhor competidor para se aplicar essa técnica é contra um jogador agressivo. Ele geralmente irá apostar sempre que você der check a fim de obrigá-lo a um fold. Entretanto, encarar um tight pode ser mais perigoso. Eles selecionam as melhores mãos e quando estão confiantes tendem a ir rumo ao showdown sem pensar duas vezes. A questão é que aplicar essa técnica contra qualquer jogador que não se encaixe no perfil do agressor é um erro.

O Ruim da Passividade

Como você viu anteriormente, apostar é apenas a última etapa do slow play. Fazê-la antes pode estragar os seus planos e você terá que esperar por outra oportunidade para poder tentar a sorte de novo com um slow. Mas sem fazer apostas, você não oferece perigo algum ao seu adversário. E além disso, você acaba permitindo que ele veja o Turn e o River que no pior dos dias pode dar a ele os outs que precisava para completar a melhor mão possível. Esse talvez seja um dos fatores que mais contribuem para a impopularidade dessa estratégia.

Comente!




*Campos obrigatórios