Doyle Brunson

Conheça a história do Texas Dolly, uma página à parte do folclore do Poker

Artigo publicado por Felipe nas categorias: Jogadores Famosos

Doyle Brunson é uma lenda, não só pelas suas conquistas como por seu amor ao Poker. Esse amor fica evidente quando se descobre que ele joga Poker profissionalmente há mais de 50 anos. Mais conhecido no mundo do Poker por Texas Dolly, o senhor Brunson é um livro aberto do Poker. Tornou-se uma personalidade frequente nos circuitos do World Series of Poker desde a sua criação em 1970. Venceu 2 Main Events; em 1976 e 1977 e contabiliza 10 braceletes, estando em 2° lugar entre os maiores vencedores, ao lado de Johnny Chan e com três braceletes a menos que Phil Hellmuth. Além disso, foi o primeiro dos cinco únicos jogadores a vencer o evento principal do WSOP e o título do WPT.

 Doyle Brunson

A carreira de Doyle no Poker surgiu por acaso, ou melhor, depois de um acidente. Durante a juventude, Doyle era um atleta proeminente; jogava basquete e praticava atletismo, chegando a fazer parte do time All-State Texas Basketball. Infelizmente ele acabou vendo sua carreira no esporte ser arruinada por uma lesão no joelho que sofrera durante o verão.

De cama por mais de um ano, ele decidiu passar o tempo jogando jogos de baralho. Para se ter ideia, o acidente foi tão sério que ainda hoje há ocasiões em que ele precisa do auxílio de muletas para se locomover.

Início

Doyle começou a trilhar a sua linda história no Poker participando de jogos ilegais, organizados por criminosos e gente barra-pesada. Apesar de ter feito muito dinheiro e ter adquirido experiência com esses jogos, ele adverte aos jovens de nunca se envolverem com esses jogos ligados ao crime. Diz que já se deparou com uma arma apontada a sua testa em diversas ocasiões e que o fato de ter sobrevivido é por ser difícil de engolir. Sem nunca perder o bom humor.

Obras

Brunson publicou alguns livros sobre Poker considerados verdadeiros artefatos do esporte, o seu Magnum Opus é certamente Super/System lançado em 1978. Aliás, muitos jogadores que enfrentaram Brunson e o venceram, dão créditos ao livro escrito por Doyle.

Doyle ≠ Dolly

Brunson ficou famoso com o apelido de Texas Dolly por conta do deslize acidental do apresentador  Jimmy Snyder que ao apresenta-lo, pronunciou o primeiro nome incorretamente como Dolly e não Doyle (seu verdadeiro nome).

Mãos Eternizadas por Doyle Brunson

Duas mãos levam o seu nome, são elas: uma mão formada por 10 e 2 de naipes diferentes, com a qual venceu o WSOP 2x consecutivas, em 1976 e 1977. Em ambas as oportunidades conseguindo completar um full house.

Outra mão que carrega o nome de Doyle Brunson é formada por Ás e Rainha (Q) de qualquer naipe, essa é mais usada no estado do Texas (terra natal de Doyle que carrega o seu chapéu de cowboy como referência e devoção ao seu estado de origem). Essa mão leva o seu nome, pois no seu livro ele cita que ‘tenta nunca jogar com essa mão’ por não ter boas lembranças.

Comente!




*Campos obrigatórios